Os acolchoados Simmons

Há já 90 anos que a SIMMONS trabalha para que tenha uma noite de sono sempre mais reparadora e regeneradora.  O sono SIMMONS promete uma total recuperação física e mental e permite renovar toda a energia desgastada ao longo do dia.


No entanto, a escolha dos acolchoados pode ser uma etapa difícil, e é, por isso, que a SIMMONS pretende ajudá-lo(a) quanto a essa toma de decisão.

COMO SELECIONAR UNS NOVOS ACOLCHOADOS

O ACOLHIMENTO DO SEU COLCHÃO

O acolhimento corresponde ao primeiro contacto com o colchão, à primeira sensação, aos primeiros segundos que são tão importantes.  O acolhimento Simmons permite aos seus músculos relaxarem lentamente e aliviar o stress do dia.
Em função da espessura do enchimento, o acolhimento do colchão pode ser envolvente, firme ou tónico.  Trata-se de uma escolha que pode fazer em função das suas preferências ou da forma como dorme.
Um acolhimento macio e envolvente traduz-se por um enchimento composto por um acolchoamento espesso, que garante uma sensação de bem-estar e um conforto aconchegante.
Um acolhimento firme e tónico é assegurado por uma espuma de conforto, que oferece um suplemento de acolhimento firme.

O APOIO DO SEU COLCHÃO

Uma vez o acolhimento descoberto, a SIMMONS promete um apoio que vai perfeitamente mantê-lo(la), adaptando-se ao seu corpo para aliviar as suas articulações e facilitar os seus movimentos ao longo da noite.  Graças às molas SIMMONS, os pontos de pressão são idealmente repartidos para aliviar a sua coluna vertebral.


A escolha do apoio faz-se principalmente em função da sua morfologia.  O colchão deve perfeitamente manter a sua coluna vertebral.  

A DIMENSÃO DO SEU COLCHÃO

A tradição francesa para um casal é o colchão de 140 cm de largura.  No entanto, este não oferece o melhor conforto.  O colchão de 160 cm de largura permite dormir melhor, sem incomodar ou ser incomodado(a) pelo seu/sua parceiro(a).  De facto, o estudo Acticouple (estudo clínico sobre o sono dos casais) demonstrou que um colchão de 160 cm de largura melhora a qualidade do sono de aproximadamente 50%.  Um casal pode ganhar diariamente 20 minutos de sono lento e profundo, em detrimento dos microdespertares e do sono leve.  É nessa fase de sono profundo que recupera física e psiquicamente.


Em relação ao comprimento, devemos contar 15 cm adicionais relativamente ao tamanho da pessoa que dorme.  Para uma pessoa que mede 1,85 cm, deveremos então prever um colchão com 2 m de comprimento.
 

Para além dos colchões para duas pessoas, a Simmons propõe-lhe igualmente uma variedade de colchões para uma pessoa.  Desta forma, poderá encontrar para os seus filhos os colchões SIMMONS disponíveis em 80 x 200 e 90 x 200 cm.

É fundamental mudar o seu estrado quando compra um colchão novo para garantir uma verdadeira correspondência em termos de qualidade.  Um colchão novo sobre um estrado velho vai acabar por se deteriorar rapidamente, uma vez que este não vai desempenhar o seu papel de suspensão, devendo, por conseguinte, ser substituído o colchão muito mais rapidamente.

 
       Devemos colocar pés no estrado?
Não é recomendado colocar o estrado diretamente no chão, uma vez que impede o ar de circular debaixo do estrado e aumenta a humidade.  Além disso, favorece o desenvolvimento de ácaros e, por conseguinte, o risco de alergias.  Desta forma, a SIMMONS criou uma grande variedade de pés de cama design, divididos em várias formas e alturas, para combinar perfeitamente com os seus acolchoados.


       O que é a independência de leitos?
A independência de leitos é o facto não sentir os movimentos do seu parceiro enquanto dorme.  Na SIMMONS, como cada mola é ensacada individualmente, cada pessoa que dorme pode mexer-se, sem incomodar o seu parceiro.


       Qual o motivo para selecionar a SIMMONS?
O sono repara, é um facto, mas não repara da mesma forma e, acima de tudo, não repara os mesmos corpos. 
É por este motivo que, na SIMMONS, estudamos constantemente os consumidores e as suas curvas de conforto para desenvolver os colchões mais eficazes e mais confortáveis.  O que significa curva de conforto?  Estudamos a forma como dorme, mas sobretudo a forma como interage com o seu colchão.  Os seus movimentos, o acolhimento dos seus músculos, o apoio da sua coluna. Todas as suas interações são passadas a pente fino.


       Devemos realmente mudar os acolchoados todos os 10 anos?
Passamos o terço da nossa vida em posição deitada: viramo-nos aproximadamente 40 vezes por noite e o colchão, assim como o estrado, vão ter as suas suspensões solicitadas 150 000 vezes ao fim de 10 anos.  De facto, o desempenho de um produto de boa qualidade vai igualmente acabar por se deteriorar. Uma redução de 20% do desempenho leva à perda de aproximadamente uma hora de sono.  É recomendado mudar regularmente o seu colchão e o seu estrado para ter uma boa noite de sono e evitar as dores de costas.


Please wait...